segunda-feira, 11 de agosto de 2008

Vitorinos? quantos conheces?

24 comentários:

Maria do Carmo Cruz disse...

Conheço 3: um par deles (sapatos) que foram chamados Vitorinos por um jogador irritado num concurso da RTP, ainda tu não tinhas nascido, e o da boina. O da boina é muito anti-capitalista, mas há 10anos, e por sugestão de Manuel Alegre, pedi-lhe que viesse animar um evento para dar começo a uma obra meritória, dei-lhe os elementos todos e ele pediu 2000 contos, hotel com mínimo de 4 estrelas para ele e para 17 (!) músicos e acompanhantes e fiquei sem fala e sem fôlego. Não deixei de o ouvir, gosto muito da voz do tipo mas quanto a generosidade, vou ali e venho já. Chega? Avó Pirueta
PS. Sei que é falta de caridade estar aqui a escarrapachar isto mas às vezes temos que desabafar, senão rebentamos

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

MCC:
Com uma cajada 4 coelhos? ahahhaa

Maria do Carmo Cruz disse...

Quatro? Será que escrevi alguma coisa com duplo sentido?

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

4 na mouche:
1-Vitorinos
2-Proscritos
3-Respiraçao sustenida
4-Rede de Benfeitores.
:- )sem rede!

Passiflora Maré disse...

Ainda falta um António A. Vitorino, com mustache... e olho de pirata.

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

"Se bem me lembro.."

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

Vitorino Trapaceiro. Distinto Camarário perito em encanar trabalhinhos prá safra dele!
---Arreto?

Passiflora Maré disse...

Muito mais que arreto.
Absolutamente correto.

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

Isto é que é uma rede!!!!tenho de lhe contar uma boa.Posso?Aqui?

Passiflora Maré disse...

Pode. Se for muito obscena, ou geograficamente comprometida, fale em cóidigo!

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

Conversa entre o Comerciante Mário e o Deputado Assis, à porta da confeitaria.
Aquele: “Pois é, Senhor Doutor, agora vejo-o todos os dias!”
“ A mim? ...
Como assim, Sr.Mário ?” meio incrédulo
“Vejo-o no CARTAZ!!!”
------------toing

Passiflora Maré disse...

AHAHAHAHAHAHAH!!!!!!!!!!!
Sonoras.

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

..uma maravilha!?

Passiflora Maré disse...

Semm dúvida, sem dúvida, meu pré-claro amigo!!!!
Mas olhe lá, eles não pertenciam à mesma rede?
( diálogo ao estilo do fim do séc. XIX)

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

Sem dúvida q sim, senhora minha... mas em planos diferentes (ou direi camadas?)
Enquanto um se sente encarquilhado, desiludido, azedo e incapaz - o outro abalança-se para voos capazes de sufocar o mais comum dos humanos...

Passiflora Maré disse...

Ah! então ele era isso, negócio de inv----, no meio. Bem, está visto podemos continuar no sec. XIX, tudo é apropriado.

Passiflora Maré disse...

Ah! então ele era isso, negócio de inv----, no meio. Bem, está visto podemos continuar no sec. XIX, tudo é apropriado.
E as camadas serão semelhantes às da sebola?

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

Que importância é dada a Maquiavel, no estudo do Direito Romano?

Passiflora Maré disse...

Nenhuma. Maquiavel não existia na época do império Romano.
Se me perguntar que importância tinham as ideias que vieram a ser definidas por Maquiavel, no Império Romano?
Eu direi os políticos romanos eram como os actuais, usavam de todos os meios para atingir os seus fins.
Por falar nisso, tresouvi que vai haver uma cerimónia na ESA (escola do interior do país) com ministra e "muitos" alunos de mérito...
Que sabe disto meu pré-claro amigo, uma vez que estais nos vossos domínios???

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

E a virtude náo é a astúcia e capacidade para adaptar-se às circunstâncias e aos tempos? ...e quem vende a tinta para repintar toda a cerimonia, pode ser acusado de oportunismo?
E se se lembraam de re-re-re inaugurar a escolinha outra vez? e será que vão eleger a "mais feia "da festa?eu voto na da -ren
Neste particular, as hostes da oposição calçam-se melhor!
...lá isso é verdade!

Passiflora Maré disse...

Bem, meu pré-claro amigo, quem é comerciante e vende tintas está no seu mundo. Quando as vende nunca pode ser acusado de oportunista.
Mas teria tantas tintas, o comerciante, como aquelas que vendeu???

Anabela Magalhães disse...

Eu só sei que vai haver cerimónia. E que a dita vem aí. E disseram-me que repitam a escola freneticamente.
Parolões de portugas.

annabel disse...

En España un Vitorino es un toro bravo, sino recuerdo mal, que por cierto: ¡NO A LAS CORRIDAS DE TOROS!!

Por lo menos NO, a que los maten en la plaza, están en desventaja, frente al torero, digan lo que digan.

Como siempre, voy a lo mio.

Beijo (ó cómo se diga Beso en tu lingua de ET)

annabel disse...

¿Maquiavelo?
¿El del Principe?
Es del Rinascimiento.
Soy maquiavélica, dicen mis conocidos, no sé por qué.

¿Qué tiene que ver el tal Vitorino con Maquiavelo?