segunda-feira, 11 de agosto de 2008

E VOCÊ?....Pertence a "alguma rede?"

7 comentários:

Maria do Carmo Cruz disse...

Sim, pertenço à rede que anda aos gambozinos e não descansaremos enquanto não apanharmos um...
Achas que vim da aldeia com o juízo todo? Acho que me falta qualquer coisa. Estou a sentir-me um tanto cor de laranja, que, dizem os entendidos, é uma cor muito extrovertida, luminosa e vibrante.

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

O juizo (se é I ou II ou IV)aqui não importa para nada, aqui!
Aqui importa é : energia e boa vibração!
PS: onde andará aquela malfadada? disse-me q ia para Istambul, e ás tantas...

Passiflora Maré disse...

As redes não são proprietárias, não têm direitos de servidão, usufruto ou superfície...

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

como eu gosto dessa expressão:
"uso-do-fruto!" e também da
"uso-o-camiao"
entao?
Sao as redes q nos têm a nós?

Passiflora Maré disse...

Não quereria dizer usucapião?
Ou em pré-tuguês uso-e-campião?
Bem, algumas redes têm alguns humanos, quantos não sei, nem conhecço os requisitos para se estar enrrrrredado.

Anabela Magalhães disse...

A Malfadada apresenta-se. Ainda não estou em Istambul... daqui a bocado...
Tenho-lhe a dizer que a sua rede é mais chique do que a minha. Se bem que... podia ser de malha mais fina, não lhe parece?

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

Adorada colega:
Com essa da "rede fina", lá se me foi o dinheiro dos anéis para acciones do BCP! ahahhaa