segunda-feira, 30 de junho de 2008

Última corrida..primeira viagem!!!!


Sobe sob os pés, atravessa solas cansadas, entra na derme, come o ósseo... e cresce até ao bater dos dentes... renasce onde é deixada !

adstringente

Come a sopa, Ana-bela...co-meeee a sopaaaaaaaa!!!

persistente





do Lat. persistente adj. 2 gén., que persiste;constante;teimoso;pertinaz;contumaz;perseverante.

Era uma vez um POLVO...

Está a comer-se a si próprio até acabar por morrer, um polvo de um aquário público de Berlim.
Devora-se á velocidade diária de meia polegada. Estes comportamentos foram notados há cerca de 10 dias e dois dos seus tentáculos estão devorados até meio.
Espera-se que acabe por morrer, meio comido por si mesmo...
As razões do polvo permanecem inteiramente desconhecidas!

Existem inumeros tratados sobre a arte de falar. Existirá a de calar?

pode ser simples...

Dizem que as crianças de Atenas quando viam Diógenes o Cínico agarravam-se-lhe à cintura, formavam uma fila atrás dele e corriam todos pelos campos, a rir e aos gritos. O fogo vermelho das papoilas rebentava-lhes de chapa em pleno rosto, como se passassem um fogo divino. Admiravam as cambalhotas de Diógenes sobre os montes de feno e pediam-lhe que repetisse, o filósofo, sempre mudo, fazia caretas e apontava o azul de um pássaro em voo, a prata de um peixe na margem, os lírios ao longe, depois punham-se todos a ladrar alto e riam. Então, exaustos, deitavam-se entre os fenos, à beira do rio, a roer os trigos, a olhar o céu de Verão e a ouvir o coaxar das rãs. A felicidade pode ser tão simples, quando se seguem os mestres certos.
Klatuu Niktos


domingo, 29 de junho de 2008

proova?

A Provença é um estado de espírito

Novos pobres


http://quiosque.aeiou.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=ae.stories/10495

incendiaste-te?

http://jacuzzi-electronique.blogspot.com/

hoje o passeio alongou-se até...


..ao sul de França onde, num encontro fortuito mas feliz, estava isto...

http://jacuzzi-electronique.blogspot.com/2008/06/expressway-to-your-skull.html

sábado, 28 de junho de 2008

sexta-feira, 27 de junho de 2008

Durante muitos anos,Junho foi o mês de

..voar para estas terras e desfrutar do mais belo q se espera de uma paisagem ou do olhar doce de um amigo-desconhecido...onde será?




..e a meio da noite sonhei...

quinta-feira, 26 de junho de 2008

está decidido! é por aqui q irei iniciar



mas a esta hora e com esta paisagem, não será melhor pensar em pernoitar?


Portugal-serra do Gerês


Belo ponto para se iniciar qualquer coisa...

domingo, 22 de junho de 2008


João amava Teresa
que amava Raimundo
que amava Maria
que amava Joaquim
que amava Lili
que não amava ninguém.

eu sei


Eu sei que o meu desespero não interessa a ninguém.
Cada um tem o seu, pessoal e intransmissível:
com ele se entretém
e se julga intangível.

Eu sei que a Humanidade é mais gente do que eu,
sei que o Mundo é maior do que o bairro onde habito,
que o respirar de um só, mesmo que seja o meu,
não pesa num total que tende para infinito.

Eu sei que as dimensões impiedosos da Vida
ignoram todo o homem, dissolvem-no, e, contudo,
nesta insignificância, gratuita e desvalida,
Universo sou eu, com nebulosas e tudo.

Petição on-line. ASSINE!



http://www.petitiononline.com/PASB2008/petition.html

video para fim de semana...

Raça? qual raça?

Laranja;Azul,Rosa,Verde,Vermelho...

quinta-feira, 19 de junho de 2008

ainda penso nisto como animação

toca aqui!!!


e não é q isto já chegou a U.K.????? que estímulo!"!!!


citando o q nos toca a todos...

Concelhos do Tâmega com índices alarmantes de desemprego



Ter emprego não é um seguro contra a pobreza. Nos concelhos do Tâmega não é só o desemprego que preocupa.
Os baixos salários e aprecaridade do emprego ditam percursos de exclusão e novas formas de pobreza.
O diagnóstico está feito. Faltam as medidas para mudar os tons negros que marcam o retrato da zona do Tâmega. O padre Jardim Moreira, presidente da Rede Europeia Anti-Pobreza, confessa que saiu do encontro em que foi debatido o estudo sobre a realidade sócio-económica dos oito concelhos - Amarante, Baião, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira e Penafiel - mais preocupado do que estava.
"Ficou patente a dificuldade que os municípios têm em operacionalizar medidas concretas e em articular políticas", sublinhou.
Estavam convidados os presidentes dos oito municípios abrangidos pela pesquisa, mas só seis se fizeram representar (Felgueiras e Paredes faltaram) e apenas um pelo presidente (Baião) no encontro realizado, ontem, na Fundação António Cupertino de Miranda, Porto. "O nível de representação é significativo da importância que o poder político dá às questões da pobreza", considera o padre Jardim Moreira, acrescentando que "os pobres não dão votos, só dão prejuízo".
Do cruzamento de estatísticas e índices diversos, a Rede Anti-Pobreza concluiu que a zona do Tâmega é zona mais pobre da região económica e socialmente mais deprimida do país (Norte). E a pobreza tanto atinge quem está no desemprego - mais de 20 mil entre os 470 mil habitantes dos oito concelhos não têm trabalho - como quem tem colocação, mas não ganha o suficiente para subsistir sem dívidas e dificuldades. A existência de "novos pobres" é, aliás, uma das conclusões que ressalta deste estudo.
Nesta categoria estão, essencialmente, as famílias sobreendividadas e atingidas por fenómenos cada vez mais transversais, como a precariedade do trabalho, comportamentos de risco associados à toxicodependência e alcoolismo, idosos dependentes ou movimentos migratórios.
Os trabalhadores dos concelhos analisados chegam a ganhar menos 350 euros por mês do que a média nacional, apresentam baixos níveis de qualificação e elevadas taxas de desemprego jovem e de longa duração.
Em todos os concelhos, o desemprego escreve-se principalmente no feminino, mas é em Amarante, Baião e Marco de Canaveses que as mulheres representam mais de 70% dos inscritos nos centros de emprego. Um problema que não radica apenas na falta de oferta do mercado (muitas empresas fecharam sem que se gerassem alternativas), mas, também, em questões como a falta de creches para as crianças.

00h00m helena norte

Hoje, apesar de ser um aficcionado-moderatto, nao resisto!