quinta-feira, 31 de julho de 2008

O corpo está sempre mais além do corpo...


Um pensamento inimigo da paz
Faz o Tempo volúvel e ávido
E com as asas a foice lhe dá.
Nasce um outro doce pensamento
Para negar tão rígido império
Onde o Tempo mais Tempo não é.

5 comentários:

Maria Bernarda disse...

Altamente filófico. Resultado de uso de  muitas ervas aromáticas no comer. Maria Bernarda

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

MB:...isto será resultado de uma aromática ilegal?

Passiflora Maré disse...

Sementes, frutos ou sumidades????

Maria Bernarda disse...

Tudo legalíssimo da silva, está descansado. Mas o resultado valeu a pena. Maria Bernarda

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

e quanto ao "búbere"?