terça-feira, 29 de julho de 2008

Que é que andam a ler?

32 comentários:

Elsa C. disse...

"Un hiver à Cisnadiora" de Eugène Van Itterbeek.

"Cet étranger

Je ne suis que la résonance
de tout ce qui arrive en moi,
de ce monde inconnu qui se confie
en dehors de moi, prenant forme
par le canal des mots qui traversent
mes cerveaux, m'apprenant,
comme a dit Rimbaud, que "JE est un autre",
cet inconnu qui
parle par le poème
une fois éloigné de moi et qui j'interroge
dans le mirroir sonore de mon être,
me demandant si c'est vraiment moi,
cet étranger qui s'adresse à moi, par mes propres mots, m´'étonnant
que cet autre soit vraiment moi."
Sibiu, Éditions Les sept dormants.

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

Coisa bela,Elsa!
*****

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

Como é q se "chega" a um autor desses? parece-me no meio da Transilvanya ...certo?

Elsa C. disse...

Cisnadoria. Pequena Vila situada nos Cárpatos, perto de Sibiu, Roménia.

Conheci o Prof. de Literatura (não o poeta) por ser apaixonada pelos romenos Ionesco, Celan, Cioran.
Este mês, por entre algumas revistas, enviou-me, da Roménia, alguns livros de poemas. Uma "pequena prenda" - como lhe chamou. Enorme gesto de partilha dos seus afectos...
"Descoberta" magnífica.

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

Isto faz-me pensar no que fica sempre de oculto, e na acutilancia daquelas sábias palavras, que nos revelam não "o outro" mas antesum "grande outro". Então,repita-se, pq nunca é demais:
"Je ne suis que la résonance
de tout ce qui arrive en moi,
de ce monde inconnu..."

Elsa C. disse...

As palavras são lindas. E, agora, é tempo de nos "apropriarmos" do Desconhecido... o poeta, a vila...que ficou mais perto de nós... quiça dentro de nós.

Multumesc, Eugène Van Itterbeek.

P.s.: em romeno o t é cedilhado.

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

...e q haveremos nós de levar (elevar?) vestido, neste verão tão imprevisível?

Elsa C. disse...

Acho que as palavras constituem uma "roupagem" suficiente. Que tal?

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

Já la ando, mas como é habitual perdi-me no meio de camélias belíssimas...
:-)

Elsa C. disse...

La revedere,

Domnule, Clap!

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

pls translate...

Elsa C. disse...

Adeus ou até amanhã,

Senhor Clap!

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

sunt anuntati ca numarul de bilete disponibile este limitat, iar numarul rezervarilor creste foarte repede…Astfel, pentru a fi siguri ca veti putea intra la festival, e necesara o rezervare...

Elsa C. disse...

Eu am noroc: am patru bilet.

La revedere.

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

Eu tenho muita sorte: eu tenho quatro bilhetes.

Bom dia.

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

I-mi va distrati cel mai că nu poate strica nimanui.

Anabela Magalhães disse...

Mas o que é isto?
Mas o que é isto? Seus... seus... morcegos?!

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

ja tas dou!!! isso sao horas de chegar a casa»»»hein???

Anabela Magalhães disse...

kakakakaka... recordações do meu tempo de morcega, pairando pela noite amarantina... kakakakaka

Passiflora Maré disse...

Elsa, fiquei com uma curiosidade tremenda de ler esse livro. Mas está traduzido??
É que o exceerto que deixou é belíssimo.
Até "Les Éditions" tem um nome poético.
Bem...a Elsa e o clap, tiveram uma noite muito criativa.

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

Foram momentos suspensos ,mas agradáveis... antes aqui tivesse ficado,mas com o " Este bine mocinho Ma duc la terassa nanar.."da Sona Elsa, atirou-me para pesadelos com comboios e médicos,tão reais, q mesmo depois do cafezito matinal,ainda ecoam na cabeça- tipo meloa!!!
No ai trabalhuscu?...

Elsa C. disse...

Clap: A tradução é excelente...

Bom dia = Buna Ziua!

Passiflora:
O livro de poesia está em fancês.
Em Portugal o autor é desconhecido.
Se quiser, empresto-lho.

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

Foarte Buna dimineata D-na

Elsa C. disse...

A esta hora é mesmo "buna Ziua".

Até às 10h é "Buna dimineata"

A partir das 19h30 = Buna seara!

E mais não sei porque só tive algumas aulitas...

Anabela Magalhães disse...

E já agora um grande Salam Aleikum para todos vós!!!

Maria Bernarda disse...

Ai ué, mamã eé, xitu ia mindele yambote ni suquirié = Ai minha mãe, a carne de branco é doce, parece que tem açúcar...
Não é romeno... mas lembrei-me por causa da carne que em romeno se diz carne também.

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

BUNA SEARA MARIA BARNARDA!
E podi purfavor dizé unde fica essa da luzaka?

Passiflora Maré disse...

Elsa da próxima vez que passar por si vou parar e falar-lhe. Não se surpreenda. Flaremos sobre o empréstimo. Ah! Eu sou de confiança nunca fico com um livro emprestado.
Buna Seara!

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

eu faço a sonoplastia:

Honk! fom! fom!
Screeech! iééé!
Ioo-hoo! iu-uu!, u-uu!
Hum!
Uhn! hã!
Vop!
Swat! zip!
Vrom! brum!
Whew! uf!

Elsa C. disse...

Está combinado, Passiflora.
Não se surpreenda porque eu irei, certamente, surpreender-me.

Buna Seara.

Maria Bernarda disse...

A luzaka é umbundo. Chega-te? Kamuelo: não gosta de dar, avarentoKambuta: de baixa estaturaKimbanda: médico, feiticeiromilongo: remédiouafo: morrer; óbitozala: fomee aí por dianteEsta Maria Bernarda sabe muito...

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

força na ironia!
Bonne appetit...