segunda-feira, 28 de julho de 2008

"É hora do Mundo pôr os olhos em Portugal e Portugal pôr os olhos no Mundo!


Movimento quer acabar com reformas dos políticos


O Movimento Mérito e Sociedade propõe a aplicação da taxa "Robin dos Bosques" à classe política, defendendo a retirada dos subsídios e compensações aos ex-deputados e dirigentes de empresas públicas com menos de 65 anos.

"É tempo de voltar ao rigor, à moral e transparência da gestão pública e política", defendeu o líder do MMS, Eduardo Correia, em declarações à Lusa. Desta forma, acrescentou, o MMS quer que a chamada taxa "Robin dos Bosques" seja aplicada à classe política, para "acabar com o péssimo exemplo de quem lidera a área política".

Assim, continuou Eduardo Correia, o MMS propõe a revisão imediata das regras de despesa pública, nomeadamente através da redução de todas as reformas de ex-deputados, dirigentes de empresas e instituições públicas.

Além disso, aos que, nessas circunstâncias, não tenham atingido a idade mínima de reforma de 65 anos, devem ser retiradas todas as compensações e subsídios.

"É preciso reduzir bastante o número de pensionistas altamente beneficiados", referiu.

O MMS, que foi oficialmente constituído como partido político no final de Junho, defende ainda a revisão do parque autómovel do Estado, reduzindo a sua dimensão e não permitindo elevados consumos de combustível.

"Também neste caso é preciso que o Estado dê um exemplo de frugalidade e poupança", salientou o presidente do MMS.

Eduardo Correia apelou ainda para que seja publicada na Internet uma lista com os valores das reformas que auferem todos os antigos deputados e ex-dirigentes de empresas e instituições públicas.

"É preciso que todos percebam o que cada um recebe e o que se anda a fazer com o dinheiro do Estado, a bem da transparência", sublinhou, considerando que a "melhor liderança é uma liderança de exemplo".

6 comentários:

Anabela Magalhães disse...

Lindo, Clap. Ora aqui está uma excelente ideia!

Elsa C. disse...

Um tal Movimento não acabaria só com as reformas dos políticos, mas com os próprios políticos!
A debandada...
País em auto-gestão?
Agrada-me.

Maria do Carmo Cruz disse...

Clap, vai ver que me despeço para férias, que vou ter imensas saudades tuas, e que não podia partir sem te deixar aqui o bagi de batata. Não percebi por que achaste corajoso comentar ser-se ou não crente, Moço Bonito. Então é alguma coisa do outro mundo?
Bagi de batata à moda de Goa
Ingredientes para 3 ou 4 pessoas: 4 batatas grandes ou 6 médias; uma cebola grande, bem picada; duas colheres de sopa bem cheias de sementes de mostarda castanha; 10 folhas de caril; 4 malaguetas verdes, uma colher de chá de cominhos moídos; uma colher de chá bem cheia de açafrão das Índias; coentros frescos; 3 colheres de óleo de amendoim; alguma água.
As folhas de caril e as sementes de mostarda compram-se nas lojas dos indianos. As folhas de caril deveriam ser frescas e chamam-se, na verdade, folhas de caripat. Não há frescas mas há estas secas que servem muito bem.
Descasca-se as batatas e cortam-se em cubinhos de uns 5mm de lado. Quando estiverem todas cortadas, cobrem-se com água e sal e devem ficar assim pelo menos 10 minutos.
Num tacho, põe-se as três colheres de sopa de óleo de amendoim e quando estiver quente, lança-se as sementes de mostarda e deixam-se estalar. Junta-se a cebola ficada e fica a estrugir um bocado. Quando começa a gritar por água, juntamos as batatas escorridas, as folhas de caril, as malaguetas cortadas aos pedaços e o açafrão. Mexe-se e acrescenta-se água. Deve ficar no fim com muito pouco líquido. Coze em fogo lento e quando as batatas estiverem praticamente cozidas junta-se os cominhos e, a terminar, os coentros frescos cortados aos bocados, mesmo à mão.
Serve-se assim, como aperitivo ou com um simples ovo estrelado ou escalfado, serve de refeição.
Espero que gostes e informo que hoje fiz o bolo de cenoura com a cobertura de chocolate e estava uma delícia...

Um xi muito apertado da Avó Pirueta, nem que mais não seja para fazer ciúmes... Avó Pirueta

Anabela Magalhães disse...

Eu vou querer experimentar esta receita feita pelo próprio artista deste blogue!
Beijinhos Carmito

Passiflora Maré disse...

Eu só posso provar, tanta especiaria torna o meu fígado numa bola de fogo...

CLAP!CLAP!CLAP! disse...

Olá Olá Bom dia a todos!
Hoje é mesmo a correr:
Brigadinha Bózinhaaaa e, Forças nas "canetas"!!!
Aos restantes,até maisl logo q hoje tou virado para des-nortes!